Os desafios do dia a dia são os principais obstáculos para a nossa saúde emocional. Trânsito, trabalho, transporte público, telefonemas, pessoas, tudo parece sempre ter o poder de alterar nosso humor e estragar nosso dia.

Para conseguirmos manter o equilíbrio e evitar perder o controle, temos que investir cada vez mais em autoconhecimento. O principal pilar da Inteligência Emocional, segundo Daniel Goleman, é exatamente desenvolver a habilidade de reconhecer e aprender a lidar com os sentimentos. Tanto os seus quanto os dos outros.

Trabalhar a empatia e a resiliência é a melhor maneira de aprender a respeitar a opinião e a situação do outro e tolerar as mudanças bruscas a que estamos expostos todos dias.

Nesse artigo, estão separadas 7 dicas rápidas para que você possa aplicar a Inteligência Emocional no seu dia a dia e consiga lidar com as adversidades de maneira sábia e eficiente.

Concentre-se em seus pontos fortes

O principal causador de ansiedade é o foco em pontos fracos. Lembre-se de que tudo o que focamos se expande. Se você passar muito tempo lamentando o que não sabe fazer ou algo que ainda não aprendeu, inevitavelmente, vai se sentir deprimido e incapaz.

Para que você mantenha seu estado elevado, dê atenção e valor às suas reais habilidades e em como pode aplicá-las para conseguir o melhor resultado possível. Aumente sua percepção sobre o que você tem de melhor a oferecer ao universo e espere o melhor do universo de volta.

Não leve para o pessoal

Um dia é feito de diversos momentos e pessoas são feitas de diversas experiências. Todas as experiências e situações que passamos durante um dia de trabalho, por exemplo, podem afetar nosso estado e alterar nosso humor.
Nem todas as pessoas possuem a habilidade de filtrar o que as impacta. É preciso então entender que as reações dizem mais a respeito de alguma situação específica do que a você mesmo. Não atribua a você as frustrações alheias.

Trabalhe a empatia

Empatia é, em resumo, a habilidade de se colocar no lugar do outro. Assim como não devemos levar as coisas para o lado pessoal, devemos nos colocar no lugar do outro antes de reagirmos.

É importante lembrar que viver é um desafio para todas as pessoas. Dia após dia, todos estão vivendo uma grande batalha. Ser gentil é o mínimo que podemos fazer para poupar o outro e nós mesmos de desentendimentos desnecessários.

Cultive bons pensamentos

Você já deve ter escutado ou lido a frase “Como o homem pensa, assim ele é” em algum lugar por aí. E é preciso que você saiba que é EXATAMENTE isso que acontece.

Pensamentos geram comunicação e nossa comunicação gera atitudes. Se estivermos sempre cheios de pensamentos negativos, nossa comunicação será negativa e, consequentemente, nossas atitudes também.

Quando nos mantemos em estado negativo, alimentamos o ciclo de negatividades à nossa volta. Uma atitude negativa, gera outra atitude negativa, que gera uma comunicação negativa e que alimenta outro pensamento negativo.

Não dê crédito a pensamentos ruins! Evite a presença deles no seu dia a dia e você invariavelmente começará a notar uma grande melhora em suas relações e seus resultados.

Aprenda a encarar desafios

Anote essa frase em algum lugar que você possa ver todos os dias: nada te faz crescer mais que os desafios do dia a dia. Para aprender, precisamos nos esforçar e, para que nos esforcemos, precisamos de desafios diários. São os desafios que nos motivam a ir além, a sair da zona de conforto.

Abrace todos os desafios e obstáculos que aparecerem e condicione sua mente a trabalhar em resolvê-los. Dedique-se a solucionar problemas e a romper barreiras e você será um ser humano imparável.

Seja flexível

Resistir a mudanças, propostas, sugestões ou obrigar o mundo a se adequar a você, é fracasso certo. Nada nem ninguém precisa se ajustar ao seu tamanho.

Você já deve ter ouvido falar que, no final das contas, não é o mais forte que sobrevive aos anos e às dificuldades. Quem sobrevive na batalha da vida é quem tem a maior capacidade de se adaptar.

Coloque-se como espectador das suas atitudes e das atitudes dos outros e exerça sua capacidade de entender e dialogar. Lembre-se de que, além de ser um diferencial na batalha, a flexibilidade é uma grande aliada na construção das relações interpessoais.

Eleve seu estado emocional

Existem diversas maneiras de sair de um estado negativo para um estado positivo. Você pode, por exemplo, ler uma frase que tenha um grande significado para você, pode ouvir uma música que te remeta a alguma situação de vitória ou pode pensar em alguém que ficaria extremamente feliz por suas conquistas.

Você pode parar por alguns minutos e pensar em coisas boas. Sorrir para o espelho, por exemplo, aumenta a produção de dopamina em seu cérebro, trazendo mais sensações de alegria e prazer para o seu corpo.

Enfim, não importa o meio. O que importa é que você tenha ferramentas para sair de um estado negativo sempre que perceber que está se deixando levar por ele.

Essas dicas podem ser aplicadas sempre, todos os dias, em qualquer lugar. Tenha sempre por perto um resumo dessas ações e dedique-se a praticá-las diariamente. Somente a prática é capaz de criar um novo hábito e a mudança de hábitos pode transformar a sua vida.